terça-feira, 4 de junho de 2013

DA PORTA E DO CAMINHO

Jesus sempre enriqueceu seus ensinamentos com o uso de figuras e ilustrações (já disse que tais ilustrações merecem um estudo à parte).  No texto de Mt 7:13-14 o Mestre usa as figuras da porta e do caminho para ilustrar as escolhas da vida e suas consequências.  Nestas ilustrações Jesus apresenta então tanto o desenrolar do cotidiano quanto o destino final que aguarda o discípulo – tanto num lado como no outro.  E inicialmente já é preciso ser dito que no modelo apresentado pelo Senhor não há nem uma terceira opção nem como claudicar entre as escolhas.
Primeiro há a escolha da porta larga e do caminho espaçoso.  Como a própria ilustração já demonstra esta é uma opção fácil de se seguir, não se encontram maiores problemas ao longo da caminhada da vida: é possível inclusive ser feliz e ter relativo sucesso enquanto se está ao longo do caminho!  O Salmo 73 até faz uma descrição da prosperidade de quem segue esta opção, mas é levado a concluir que o fim deles será cair na destruição (Sl 73:18).  Embora o caminho possa parecer agradável, contudo a porta leva a um destino aterrador.
A outra escolha possível está em uma porta estreita e um caminho apertado.  Caminhando por aqui terei aflições (Jo 16:33), serei perseguido (Jo 15:20) e me exigirá renúncia (Mt 16:24): a cruz será por vezes pesada!  Mas sabe de uma coisa?  Vale a pena!  Pois este caminho haverá de levar a uma porta que se abre para a vida eterna de glória, gozo e regozijo na presença de Deus-Pai.
Ao discipulado do Mestre somos todos chamados como a uma escolha: O céu e a terra tomo hoje por testemunhas contra ti de que te pus diante de ti a vida e a morte, a bênção e a maldição; escolhe, pois, a vida, para que vivas, tu e a tua descendência (Dt 30:19).  Duas portas agora igualmente estão abertas.  Por qual farei a escolha radical?

Um comentário:

  1. A profecia inteira,enquadrada num formato de perguntas e respostas,representa nitidamente o relacionamento do conserto do Senhor com seu povo.Ele é nosso Deus e Pai,Nosso único Deus,Senhor,Salvador e Juiz Final.Ainda,por causa de seu divino amor,o Senhor mostra seu cuidado ao repreender seu povo escolhido.
    O Senhor seja engrandecido desde os termos de Israel,isto é,a fama desse grande poder vai além das nossas fronteiras.Amém!
    Bom dia,Pastor Jabes Filho.Um Abraço.

    ResponderExcluir