terça-feira, 6 de novembro de 2012

DO VALOR DA VIDA HUMANA


Nestas reflexões sobre discipulado radical, voltemos agora para o projeto de Jesus apresentado por Mateus.  A partir do verso 5:21, Mateus apresenta a nova interpretação que Jesus faz da Lei.  Neste texto Jesus destaca cinco temas primordiais para fazer uma leitura interpretativa daquilo que a Lei do AT diz, levando-a ao seu real significado: Homicídio – adultério – juramento – vingança – amor ao próximo.  “Vocês ouviram o que foi dito...” – “... mas eu lhes digo...” é a fórmula usada pelo Mestre para mostrar tanto a sua autoridade sobre a Lei quanto a sua autoridade em interpretá-la.
Aos antigos foi dito: “Não matarás” (Êx 20:13).  Neste mandamento Deus quer demonstrar o valor absoluto da vida humana por ser a imagem de Deus.  Jesus não nega o valor dado ao ser humano: pelo contrário, reafirma que Deus dar valor máximo ao ser humano (veja Mt 6:26 – ainda vou tratar do tema nesta série de reflexões).  É por isto que o Mestre agora se põe a ampliar os ditames da Lei.
Se na Lei antiga a integridade vital e física humana é garantida, Jesus procura garantir a integridade moral, intelectual e espiritual.  Ele amplia a Lei prescrevendo que o discípulo não pode se irar contra seu irmão.  Muito mais que apenas uma ação contundente contra alguém que o leva a ferir ou morrer, Jesus Cristo classifica como pecado – estará sujeito a julgamento (Mt 5:22) – a ação intencional que vise ferir ou desonrar o próximo.
Diante desta nova interpretação, o próprio Jesus instrui aos seus discípulos a entrar em acordo com o adversário enquanto é tempo (veja o verso 5:25).  O que é dito aqui é que o discípulo deve sempre tomar a iniciativa de buscar o irmão para propor reconciliação.  Fazendo isto o discípulo estaria dando valor ao próximo como o próprio Deus o dá.
Reconhecendo a autoridade de Jesus sobre a Lei, devo procurar meus irmãos para como eles estabelecer relacionamentos cristãos saudáveis.

2 comentários:

  1. Texto muito interessante meu irmão!

    Gostei muito!

    Um abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu querido.
      A glória seja a Deus!
      Um abraço.

      Excluir