terça-feira, 29 de maio de 2012

Disciplina cristã III – LEITURA BÍBLICA

A Bíblia é a Palavra de Deus.  Não uma palavra qualquer, mas a Palavra revelada do próprio Deus e registrada em forma humana (2Tm 3:16).  Esta é a afirmação básica da nossa crença na Bíblia.  Como tal a Bíblia é a nossa única regra de fé e prática e por isto devemos sempre procurar, ler, estudar, compreender e aceitar pela fé tudo o que nela está escrito.
Na instrução contida na segunda carta a Timóteo, o jovem líder é exortado a se tornar obreiro aprovado através da disciplina da leitura bíblica que pode ser útil para o seu progresso espiritual: procure apresentar-se a Deus aprovado como obreiro que não tem do que se envergonhar e que maneja corretamente a palavra da verdade (2Tm 2:15).  O discípulo aprovado e pronto para enfrentar as batalhas como um soldado apto é aquele que sabe bem como manejar sua arma – a Palavra da Verdade (veja Ef 6:17).
Quando questionado sobre a origem do seu testemunho, Jesus Cristo lamentou o fato dos seus adversários não seguirem o testemunho da Escritura, embora reconheça: vocês estudam cuidadosamente as Escrituras, porque pensam que nelas vocês têm a vida eterna.  Ou seja, se eles realmente estivessem indo ao texto com o espírito disciplinado e com o objetivo de ler o que o texto diz – não apenas procurando justificativas para suas próprias crenças – compreenderiam que o testemunho bíblico não traz salvação em si, mas são as Escrituras que testemunham ao meu respeito (Jo 5:39).
E a crítica se torna mais contundente quando o Mestre diz: vocês estão enganados porque não conhecem as Escrituras nem o poder de Deus (Mt 22:29).  A única possibilidade de se ter uma vida cristã autêntica é com disciplina e determinação buscando conhecer a cada dia mais tanto a Escritura – o registro daquilo que Deus falou e nos deixou – quanto o seu poder.  Afinal, somente as Sagradas Letras são capazes de torná-lo sábio para a salvação mediante a fé em Cristo Jesus (2Tm 3:15).
A disciplina da leitura bíblica é realmente o ponto de equilíbrio na preparação e na maneira de viver do cristão.  A Bíblia é o bem mais precioso que o servo do Senhor pode ter:
A lei do SENHOR é perfeita, e revigora a alma.
Os testemunhos do SENHOR
são dignos de confiança,
e tornam sábios os inexperientes.
Os preceitos do SENHOR são justos,
e dão alegria ao coração.
Os mandamentos do SENHOR são límpidos,
e trazem luz ao coração.
O temor do SENHOR é puro,
e dura para sempre.
As ordenanças do SENHOR são verdadeiras,
são todas elas justas.
São mais desejáveis do que o ouro,
do que muito ouro puro;
são mais doces do que o mel,
do que as gotas do favo.
Por elas o teu servo é advertido;
há grande recompensa em obedecer-lhes.
(Sl 19:7-11)
Com esta visão prazerosa da disciplina da leitura bíblica; mais uma leitura no Sl 119 nos mostra como deve ser a relação do soldado cristão com a Bíblia.  Por que são felizes os que vivem conforme a lei do Senhor (v. 1) eu amo (v. 97, 127, 159), obedeço (v. 8, 55, 60, 67), guardo (v. 11, 166), reflito (v. 15, 59, 97), lembro (v. 52), tenho prazer (v. 70, 103, 111), apego-me (v. 31) ao texto sagrado.

2 comentários:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ela é a Palavra de Deus, e não não maior prazer e alegria que ouvir as palavras sagradas através deste livros.
      Abs

      Excluir