terça-feira, 4 de abril de 2017

Conselhos bíblicos sobre adoração e culto – O PRIMEIRO CASAL

Ouvindo o homem e sua mulher os passos do Senhor que andava pelo jardim quando soprava a brisa do dia, esconderam-se da presença do Senhor Deus entre as árvores do jardim.
(Gn 3:8)


O culto que prestamos ao Senhor e a adoração que lhe rendemos deve ser para nós em primeiro lugar um momento e um lugar onde temos um encontro marcado com Deus.  Ali ouviremos a sua voz, e ali Deus se fará percebido e, mesmo que a consciência de pecado nos assuste, saberemos que toda a nossa existência só fará sentido neste encontro.
Deus nos criou para vivermos num jardim de delícias e somente quando nos encontramos com ele mesmo é que experimentaremos deste jardim! Nesta perspectiva:
# Mantenha uma regularidade em sua adoração e seu culto.  Embora seja eterno e onipresente, Deus se faz perceber no lugar e tempo da adoração.  Nisto a sua igreja deve ser a referência segura para seu culto.
# Dê atenção aos sinais que Deus lhe dá para sua presença sagrada.  Ao se habituar com estes encontros, você saberá identificá-los com clareza.  Isso fará seu culto fruir com mais naturalidade.
# Mesmo que eventualmente o pecado tenha lhe alcançado; nunca se esconda de Deus.  Embora possa parecer uma tendência natural, esta atitude de fuga só irá aumentar o vazio da alma.  Deixe-se ser envolvido pela presença divina pois é exatamente neste encontro que suas feridas serão curadas.
# E que nada nem ninguém faça você abandonar ou não priorizar em sua agenda o encontro com Deus (lembre Mt 6:33).

Nenhum comentário:

Postar um comentário