terça-feira, 7 de outubro de 2014

A RIQUEZA DO COCO

Um dia destes achei na internet um arquivo que falava sobre o açúcar de coco e suas vantagens, principalmente para a saúde.  Dali comecei a lembrar da riqueza do coco.
Para começo de história, o coco é bem mais conhecido que outras frutas típicas da minha terra.  Em geral, de um jeito ou de outro, há bastante referências para o coco.  É certo que nem todas dignas da fruta.
Mas, vá lá, até Hollywood acha que tudo aqui é feito de coco.  E até tem um pouco de razão.  Do coco se faz tudo, e tudo que é de coco é melhor.  Picolé, sorvete, torta, iogurte, bolo, e haja criatividade.  Mas também a cocada em todas as suas variedades e a santa água de coco verde, que além de ser melhor que refrigerante é remédio para um bocado de males, de pedra nos rins a desidratação.  E o que falar da moqueca e outros pratos onde o coco é essencial.
E não é só para comida e bebida que se aproveita o coco.  Sabão, detergente, shampoo, óleos. Ainda as suas fibras e madeira são úteis para aplicações industriais e artesanais.
Além de que, vou lembrar do uso decorativo e estético do coqueiro e sua folhagem, que sempre dá uma atmosfera tropical a qualquer ambiente e, só para citar, já vi até enfeite natalino feito todo com coqueiros, ficou mais bonito e significativo que com neve e pinheiro.
E outra coisa, é certo que o IBAMA não o considera como planta nativa, mas isto pouco importa, tem muito coqueiro por aqui e quando não há má vontade comercial, o preço costuma ser bem acessível.  Tanto ele verde como seco.
Então, vamos deixar o traço descritivo do texto de lado e pensar na riqueza do coco.  Também não vou pelo caminho mais trivial – por aqui o coco é realmente uma riqueza, pois tem muita gente que sobrevive do coco: plantando, cultivando, comercializando e movimentando a economia local, principalmente doméstica.
Para mim aqui também não devo ressaltar os valores nutricionais do alimento – já há gente falando das vitaminas, proteínas e afins do coco – lembra o artigo da internet?
O coco é rico por que é dádiva divina e dele tudo se aproveita.  E uma coisa lembra a outra.  Tudo que Deus nós dá é bom por definição.  Tiago já dizia que toda boa dádiva e todo dom perfeito vem do alto (vá lá e confira em Tg 1:17).  E assim é.  O coco me faz sempre agradecer a Deus pelo que ele tem feito de bom em meu favor.  E em tudo são proveitosas as suas bênçãos.
Então, façamos o seguinte: a próxima vez que você usufruir da riqueza do coco, comendo, bebendo ou de qualquer outra forma, lembre-se de agradecer a Deus por tudo o que ele lhe tem feito, e por que sempre terá mais alguma coisa na qual você poderá perceber algo proveitoso de Deus para sua vida.

Glória a Deus pelo coco.

4 comentários:

  1. FALOU TUDO
    AINDA BEM QUE ELE CHEGA ATÉ AQUI PARA NÓS NO SUL.
    TANTO VERDE COMO SECO
    HUM! DELICIA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso aí, querido!!!
      O coco é sempre uma delícia. E que bom que o sul também pode desfrutar dele.
      Abs.

      Excluir
    2. EU moro em Belo Horizonte - Aqui em minha casa nunca falta este verdinho , no meu espaço abençoado existem duas arvores desta fruta deliçiosa...

      Excluir
    3. Sem dúvida, você é um abençoado.

      Excluir