terça-feira, 12 de novembro de 2013

Cinco conselhos bíblicos sobre o TRABALHO

Certamente a Bíblia é um excelente manual de conduta para toda mulher e todo homem que queira se portar de acordo com o projeto de Deus.  E em relação ao trabalho não é diferente.  Aplicar suas lições em nossas vidas, com certeza é uma garantia de que não somente estaremos vivendo de acordo com nosso Senhor, como também de que todo nosso trabalho e esforço alcançarão seus objetivos e trarão a recompensa devida. 
Vejamos de modo bem prático tais recomendações:
a) Encare seu trabalho como algo que pode ser uma bênção para você, sua família e para todos os que o cercam, se exercido sob os ditames da lei divina.
b) Tenha como meta e padrão o estar ocupado trabalhando e nunca faça do ócio e da preguiça seu estilo de vida (veja o conselho de Pv 6:6).
c) Reavalie e reconsidere suas motivações ao trabalho, suas metodologias, sua organização de trabalho e seus objetivos (veja o alerta de Is 55:2).
d) Não despreze o trabalho secular como algo que não é da preocupação evangélica.  Lembre-se de que todo nosso trabalho tem que ser encarado como algo feito para o próprio Senhor (é o que diz Ef 6:7).
e) E principalmente, espere no Senhor – e somente nele – a recompensa honrada pelo seu esforço (traga sempre na lembrança a poesia do Sl 127:1-2).

8 comentários:

  1. Elson Antonio Gomes13 de novembro de 2013 21:16

    Meu amigo Jabes,
    Por gentileza, se vc puder, agradeço de coração! Se caso não possa, tudo bem e lhe agradeço do mesmo jeito por ter me atendido!
    Escrevi um comentário esta manhã, mas acho que não acertei em colocá-lo. Então estou escrevendo outro mais resumido.
    De 1998 para cá, só trabalhei 11 meses, e desses, somente um foi na profissão que eu adoro; que fui considerado um dos melhores. Levantava de manhã não para ir trabalhar, mas para me divertir. A famosa frase que os patrões gostam de dizer: “Vistam a camisa”; eu além de vestir, suava sangue. Até nestes 10 meses que não trabalhei na profissão que amo, que considero o pior serviço que tive na vida, que comi o pão que o diabo amassou, eu me dediquei totalmente.
    Agora toda esta dedicação, todo este amor para estar caindo num poço sem fundo.
    O que eu fiz de errado para não conseguir mais trabalhar no que amo, para ter depressão, síndrome do pânico e outras doenças que me destroem. O que eu fiz de errado para que meus superiores, mesmo vendo o que eu era capaz, pisavam em mim e me davam calote. O que eu fiz para hoje ser sustentado por um pai idoso e ser chamado de vagabundo, coisa que não sou.
    Nem em concurso que pede somente o Ensino Fundamental eu consigo passar, isto se eu consiguir ir fazer.
    Tenho 41 anos e não ter seu salário, não poder comprar suas coisas, não poder sair e fazer várias coisas que uma pessoa trabalhadora pode fazer é horrível!
    Para vc entender minha vida mais fácil, é só ler o Livro de Deuteronômio, capítulo 28, versículos do 15 em diante, retirando o 41, pois nem filho estou podendo ter.
    Esta está sendo minha vida, pq?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querido Elson
      Posso entender seu caso. Infelizmente a vida algumas vezes toma caminhos estranhos e outras vezes crueis. Até parece que nestas horas as bênçãos e promessas de Deus são só conversa! Penso que as aflições deste mundo citadas por Jesus (em Jo 16:33) se aplicam ao caso. Mas são exatamente para tempos assim que a nossa fé do invisível tem que aparecer. Quando tudo parece ir ruim é que preciso confiar que tais aflições do agora nao podem se comparar com o que há-de vir (Paulo fala isso em Rm 8:18).
      Meu querido, creia nisso e continue na senda e no trabalho cristão.
      Um abraço

      Excluir
    2. Elson Antonio Gomes14 de novembro de 2013 08:38

      Obrigado pelo retorno meu amigo Jabes,
      e pode acreditar que estou lutando para ficar no caminho. É complicado, pois como vc disse, parece que o nosso Senhor é político, só promete. Mas sei que Ele tem um proposito para cada um e talvez o meu seja passar por este sofrimento para mostrar a outras pessoas que mesmo sofrendo, doente, sem emprego, nunca me faltou nada e estou de pé. Triste (não posso mentir), mas de pé!
      Mais uma vez obrigado meu amigo Jabes, e que Deus abençoe vc e sua família!

      Excluir
    3. Querido, oro para que o Senhor continue abençoando a você a sua família, que nunca lhe falte a provisão nem a paz que excede todo entendimento.
      Um abraço

      Excluir
  2. Estou alegre por encontrar blogs como o seu, ao ler algumas coisas,
    reparei que tem aqui um bom blog, feito com carinho,
    Posso dizer que gostei do que li e desde já quero dar-lhe os parabéns,
    decerto que virei aqui mais vezes.
    Sou António Batalha.
    Que lhe deseja muitas felicidade e saúde em toda a sua casa.
    PS.Se desejar visite O Peregrino E Servo, e se o desejar
    siga, mas só se gostar, eu vou retribuir seguindo também o seu.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querido irmão,
      Obrigado pelas palavras. Será sempre bem-vindo nesta página. Conto inclusive com suas contribuições e comentários.
      Dei uma lida em seu sítio "O Peregrino E Servo" e o estarei seguindo.
      Um abraço e que Deus o abençoe.

      Excluir
  3. Há muito tempo já estava precisando ler sobre esse assunto. Devemos estar alertas e entregar nossa vidas nas mãos do Senhor e fazer nossa parte para que tudo vá bem.

    Uma sugestão para a letra "a)" é : Bem-aventurado aquele que teme ao Senhor e anda nos seus caminhos. Pois comerás do trabalho das tuas mãos; feliz serás, e te irá bem (Salmos 128:1,2)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querido,
      Obrigado pela sugestão. O texto do Sl 128 realmente aponta a Palavra do senhor e as suas bênçãos para quem o teme.
      Deus o abençoe.
      Abs

      Excluir