terça-feira, 2 de abril de 2013

DOS DOIS SENHORES


Voltando novamente ao estudo sobre a proposta de Jesus para um Discipulado Radical que encontro no Sermão do Monte, quero trazer à reflexão apenas um verso: Ninguém pode servir a dois senhores... (Mt 6:24).  E é bom começar já chamando a atenção para o pronome de negação: Ninguém.  O que Jesus tem a dizer inclui todo ser humano, vale para qualquer um e para todos, independente de qual seja a situação: ninguém está excluído da argumentação do Mestre.
Observo mais.  Quando Jesus diz que não se pode servir a dois senhores, ele está dizendo que há um real conflito de interesses entre os postulantes ao senhorio humano, e que por isto quem se volta para um lado necessariamente exclui o outro de sua vida (veja Mt. 12:30).
Também entendo que o Mestre fala em amor e dedicação.  Com isso Jesus está dizendo que na vida do discípulo deve haver amor verdadeiro pelo seu senhor e também dedicação, empenho voluntário, serviço e devoção (vá a 1Jo 5:3).
E Jesus apresenta um exemplo claríssimo da incoerência entre os dois senhores: servir a Deus ou servir às riquezas!  Há verdades, objetivos e valores nas riquezas – personificação do reino das trevas deste tempo presente – que são incompatíveis com os valores do Reino de Deus.  O discípulo não pode viver buscando riquezas e bens nesta terra, pois elas sempre nos fazem desviar do foco principal de nosso discipulado (compare ainda Cl 1:13 e 1Tm 6:10).
Por ter sido gloriosamente alçado à condição de discípulo, devo me dispor inteiramente a viver sob a tutela, amor e serviço do único e verdadeiro Senhor de minha vida, para a glória de Deus Pai.  Amém.

4 comentários:

  1. Amém!Não há riqueza maior que ter a presença de Deus e servir a Cristo.Dou graças a Deus pela sua misericórdia em sustentar-me e mais ainda,por Ele ser um Pai zeloso.Tenho gratidão permanente a Ele.Ele é o meu grande ídolo.Adoro-o!
    Bom dia!Jabes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida, glória seja dada ao nosso Senhor por podermos servi-lo.
      Um abraço

      Excluir
  2. POR QUÊ DO USO DA IMAGEM DA CATEDRAL METROPOLITANA DE ARACAJU?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi querido.
      Na verdade não há nenhum motivo especial ou relação específica. Eu tirei esta foto num final-de-tarde / princípio-de-noite sem nenhuma pretensão - nem tinha pensado nesta postagem. Depois que vi a imagem, achei que ficou bonita e pensei que seria interessante ilustrar minha página. Por isso ela está aí.

      Excluir