terça-feira, 8 de abril de 2014

Cinco conselhos bíblicos sobre a REPUTAÇÃO

O que é dito explicitamente sobre Abel em Hb 11:4 creio que pode ser estendido a toda a lista de herois da fé: embora esteja morto, por meio da fé ainda fala.
São exemplos como estes de servas e servos de Deus que galgaram obter uma reputação digna de se tornar referência a todo cristão.  São homens e mulheres que, independentemente de terem deixado fortunas como herança, mantiveram o bom nome e ainda hoje nos trazem lições que devem ser aplicadas em nossa vida.
a) Considere como maior privilégio e maior honra ter um nome a ser zelado.  Isso com certeza vale mais que qualquer bem material que você possa acumular em sua vida (se possível decore Pv 22:1 e aplique diariamente).
b) Tenha paciência quanto a querer ser reconhecido.  Deixe que o Senhor cuidará de sua reputação se você se portar com humildade diante dele e da sociedade (são inegáveis as palavras de 1Pe 5:6).
c) Mantenha uma auto-imagem correta e ajustada e, se ainda não apresenta o Fruto do Espírito que é o domínio próprio, peça que Deus o fará brotar em sua vida (veja Pv 16:32 comparando-o com Gl 5:23).
d) É sempre melhor e mais recomendável que apenas outros façam elogios a você.  E quando os receber, mantenha sempre uma atitude humilde pois isso preservará seu bom nome (lembre que o Senhor detesta olhos altivos – em Pv 6:16-17).
e) E para coroar esta boa reputação, aplique para você os conselhos dados a Timóteo: seja um exemplo para os fieis na palavra, no procedimento, no amor, na fé e na pureza (1Tm 4:12).

2 comentários: