terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

Quatro Conselhos bíblicos sobre a HUMILDADE

Deixe-me afirmar que o tema da humildade é tratado na Bíblia como um tema de profundo interesse espiritual e que, portanto, para nós, servos de Deus, como tal deve merecer igual importância.  Não é só uma atitude de simplicidade exterior, mas uma predisposição íntima de viver no temor do Senhor e buscar com santo zelo evitar o coração soberbo e arrogante.
Com esta intenção, vejamos algumas aplicações práticas que podemos trazer para a nossa vida diária:
a) Antes de demonstrar humildade em suas atitudes, compreenda que comportamento sem coração é fingimento, e Jesus não tolera tal proceder (como na crítica aos fariseus em Mt 23:27).
b) Também antes de buscar a honra e o reconhecimento por suas ações e vida, lembre-se que a humildade de alma e o temor de Deus são condição para que se obtenha o galardão do Senhor (lembre-se de Pv 22:4).
c) Mantenha uma atitude vigilante contra o espírito arrogante – mesmo que seja uma pretensa arrogância espiritual – pois em toda a Bíblia tal atitude sempre nos afasta de Deus e configura-se como pecado (em Pv 16:5 e no NT em Tg 4:6 e 1Pe 5:5).
d) Assim, faça da humildade a sua real e essencial característica de vida cristã (observe que o termo é revista-se em Cl 3:12-14).

2 comentários:

  1. Obrigado pela Benção de seu escrevinhar a respeito de: "Escrevinhando - Quatro Conselhos bíblicos sobre a HUMILDADE" que se ,e permites reescrevo a seguir bem assim: "a) Antes de demonstrar humildade em suas atitudes, compreenda que comportamento sem coração é fingimento, e Jesus não tolera tal proceder (como na crítica aos fariseus em Mt 23:27).
    b) Também antes de buscar a honra e o reconhecimento por suas ações e vida, lembre-se que a humildade de alma e o temor de Deus são condição para que se obtenha o galardão do Senhor (lembre-se de Pv 22:4).
    c) Mantenha uma atitude vigilante contra o espírito arrogante – mesmo que seja uma pretensa arrogância espiritual – pois em toda a Bíblia tal atitude sempre nos afasta de Deus e configura-se como pecado (em Pv 16:5 e no NT em Tg 4:6 e 1Pe 5:5).
    d) Assim, faça da humildade a sua real e essencial característica de vida cristã (observe que o termo é revista-se em Cl 3:12-14). Para assim aplicarmos na nossa vida diária... E assim seja!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querido Carles,
      Obrigado pela palavra. Sua colocação final chamando-nos ao desafio da vida cristã, completou apropriadamente o texto.
      Um abraço.

      Excluir