quarta-feira, 25 de março de 2020

PARA ESSE TEMPO


Boa tarde querido
Eu já tinha me decidido não escrever sobre esse coronavirus e nem sobre as implicações da pandemia e da quarentena.  Já tem muita gente fazendo isso e eu não sou especialista nem em infectologia nem em psicologia social.
Eu sei também que em meio a essa avalanche de informações tem coisa boa e útil - como também muita bobagem e sandice.
Só lembrando: Fake news é uma maneira abestada de chamar a mentira.  E Jesus disse que o diabo é o pai das fakes news (lá em Jo 8:44).
Quanto a vírus, pandemia, quarentena e doenças afins, não há nenhum versículo específico sobre o tema - até porque na época da Bíblia o conhecimento humano era outro.
Mas, atinando a sua questão e para também não passar em silêncio, permita-me três citações bíblicas:

1. Jesus disse que quando se espalharem as notícias sobre epidemias seria o tempo de ficar alerta, mas não para se angustiar pois ainda não é o fim (em Mt 24:6 o verso fala explicitamente sobre guerra, mas, no contexto do Sermão Escatológico de Jesus, entendo que extrapolar sobre doença não seria um exagero).

2. O texto da Oração de Habacuque é bem conhecido e também pode ser lido nesse contexto: "Ainda que dê tudo errado, com pandemia e quarentena, todavia eu continuarei me alegrando no Senhor e exultando naquele que me garante a salvação" (Hc 3:17-19).

3. E não podia deixar de citar Apocalipse - minha certeza é de que não há na Bíblia outro livro que traga mais segurança e conforto em tempos de crise quanto a Revelação do Senhor Jesus (1:1).
Diante do livro fechado com sete selos, a declaração dos anciãos ecoa por toda a eternidade: "Tu és digno de receber o livro e de abrir os seus selos, pois foste morto, e com teu sangue compraste para Deus homens de toda tribo, língua, povo e nação" (Ap 5:9).  Sim.  Com a vitória sobre a morte Jesus assumiu o controle da história em suas próprias mãos.  Ele - e somente ele - é digno de comandar a história do ser humano, da igreja e das nações.

Como disse, não sou especialista em pandemia nem em psicologia social mas não tenho nenhuma dúvida que Cristo Jesus ainda é o Senhor da história e que tudo - absolutamente tudo - só terá um fim na glorificação daquele que requer toda adoração pois digno é o Cordeiro que foi morto de receber poder, riqueza, sabedoria, força, honra, glória e louvor! (Ap 5:12).

4 comentários:

  1. Glórias à Deus,é olhando nesta perspectiva que os filhos de Deus devem caminhar (...)
    - muito bom!.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aleluias
      Continuemos firmes buscando a adoração daquele que é digno.

      Excluir
  2. Glórias à Deus, é olhando para o autor e consumador da fé,Jesus é que podemos caminhar confiantes da Vitória.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aleluias
      Que nunca venhamos a desviar nosso olhar do autor e consumador de nossa fé.
      Para glória dele.

      Excluir