sexta-feira, 20 de maio de 2022

ENNEA, A OVELHA

 


ENNEA, A OVELHA – o pior cenário

 

O Mestre Jesus era contador de histórias.  Numa delas, um homem que tem cem ovelhas percebe a falta de uma delas.  Na parábola, tal homem parte em busca da perdida...

 

Vou me dar aqui a liberdade para distender a parábola em fábula.  Libere sua imaginação comigo.

 

De tardezinha, durante a checagem das ovelhas, uma a uma elas foram se apresentando.  Mas hoje faltou a ovelha Ennea – de novo!

Conferido e reconferido.  Um suspiro quase com resignação.  E o Pastor sabe que precisa ir recuperar a desgarrada.

 

Enquanto esperam a volta do Pastor, a conversa segue no rebanho:

― Mulher! Você viu o que aconteceu com a Ennea?

― Tinha que ser a Ennea de novo! Aquela ali não se emenda!

― Eita ovelha que dá trabalho.

― Com aquelas ideias dela, não me admira que tenha se perdido.

― Essa Ennea não se emenda mesmo.

― E ainda esse Pastor que perde seu tempo indo catar aquela Ennea fujona.

― Você acha certo o investimento desperdiçado? 

 

Na conversa, há aquelas que parecem demonstrar interesse no rebanho:

― Agora, a gente fica aqui sem o olho do Pastor, enquanto ele está se desbandeirando atrás daquela tal.

― Se ela não quer compromisso e vive se perdendo, é melhor que nem volte para não contaminar o resto do rebanho.

 

Tem ainda aquelas ovelhas que se esmeram na legitimação do discurso.

― Saiu de nós por não era das nossas! Misericórdia!

 

Então, quando finalmente o Pastor volta trazendo Ennea estropiada, ela é recebida com desdém.

― Até que enfim apareceu.

― E ainda fica aí chorando, esperando que a gente sinta pena dela.

― Vamos ver o que ela apronta agora.

 

E enquanto o Pastor celebra a volta de Ennea ao rebanho, ela fica ali no canto, olhando as estrelas sozinha, tentando calcular onde a morte é mais dolorida: ou sozinha no deserto ou esquecida num canto do aprisco!?

 

Mas sempre há um cenário melhor...

 

************************************

 

ENNEA, A OVELHA – o melhor cenário

 

O Mestre Jesus era contador de histórias.  Numa delas, um homem que tem cem ovelhas percebe a falta de uma delas.  Na parábola, tal homem parte em busca da perdida...

 

Vou me dar aqui a liberdade para distender a parábola em fábula.  Libere sua imaginação comigo.

 

De tardezinha, durante a checagem das ovelhas, uma a uma elas foram se apresentando.  Mas hoje faltou a ovelha Ennea – de novo!

Conferido e reconferido.  Um suspiro quase com resignação.  E o Pastor sabe que precisa ir recuperar a desgarrada.

 

Enquanto esperam a volta do Pastor, a conversa segue no rebanho:

― Mulher! Você viu o que aconteceu com a Ennea?

― A Ennea de novo! A gente precisa prestar mais atenção naquela menina.

― Ela estava aqui com a gente o dia todo.  É gente nossa.

― Ela às vezes é muito distraída.  Mas sua alegria é contagiante.

― Com aquelas ideias dela, tem sempre uma conversa boa.  E faz a gente pensar.

― Essa Ennea faz falta mesmo.

― E ainda bem que o Pastor foi catar aquela Ennea.

― Espero que ache logo.

 

Na conversa, há aquelas que parecem demonstrar interesse no rebanho:

― Agora, a gente precisa se cuidar enquanto o Pastor está ocupado dando atenção a Ennea.

― Se ela precisa mais agora, devemos todas preparar para que ela se sinta parte do rebanho de novo.

 

Tem ainda aquelas ovelhas que se esmeram na legitimação do discurso.

― Mesmo no vale da sombra da morte, o Pastor está conosco.  Aleluia!

 

Então, quando finalmente o Pastor volta trazendo Ennea estropiada, ela é recebida com alegria.

― Ainda bem que apareceu.

― E ainda está machucada, vamos ajudar a cuidar dela.

 

E enquanto o Pastor celebra a volta de Ennea ao aprisco, ela fica abraçada pelas irmãs, olhando as estrelas e tendo certeza que, mesmo se perdendo de vez em quando, o seu lugar é ali no rebanho.

 

― Vê lá: em que cenário você se enquadra!?

 

(Na imagem, um rascunho da Ennea,
feita num guardanapo pelo excelente desenhista Lucas Thomas,
enquanto conversávamos numa lanchonete aqui em Aracaju
)

 

2 comentários:

  1. Que grande imaginação você tem! Gostei! Espero que muitas pessoas leiam e aproveitem para transmitir. É assim mesmo que acontece nas nossas igrejas. Ycléa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também espero que muitas pessoas leiam e se posicionem em relação a Ennea.
      Abr

      Excluir